Quase persuado

J. Davy Crockett III
Comentário sobre este artigo

Muitas citações maravilhosas são atribuídas a Sir Winston Churchill, o grande primeiro ministro britânico que teve um efeito tão profundo no século XX. Seu senso de humor irreprimível, sua tenacidade em face do grande perigo, sua oratória e sua capacidade de escrever o diferenciaram como uma figura histórica influente. Uma citação pela qual ele é conhecido é: "A maioria das pessoas tropeça na verdade, de vez em quando, mas elas geralmente conseguem se recompor e continuar, de qualquer maneira."

Parece que Churchill estava correto em sua avaliação, como freqüentemente vemos quando as pessoas entram em contato com as verdades eternas encontradas na Bíblia. Milhões de pessoas vêem, ouvem e lêem a mensagem da Escritura que a transmissão, da revista e o site do Mundo De Amanhã  apresentam ao mundo, proclamando o Evangelho do vindouro Reino de Deus. Esta é a mesma mensagem que Jesus Cristo ensinou e os apóstolos e primeiros cristãos espalharam, e nós a espalhamos pela instrução de Cristo: “Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;  ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos. Amém”(Mateus 28: 19–20).

Nosso programa de televisão é agora visto nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Europa, Austrália e Nova Zelândia, e agora estamos começando a alcançar o povo chinês com televisão de Hong Kong. No entanto, apenas algumas poucas pessoas realmente respondem a estes assuntos de importância espiritual. Isto foi verdade no primeiro século e permanece verdadeiro hoje.

Não só a maioria das pessoas ignora ou rejeita a mensagem de Cristo, como os mensageiros são frequentemente confrontados com resistência e até perseguição. O apóstolo Paulo foi molestado e finalmente preso por cumprir esta comissão. Num capítulo comovente no livro cheio de ação de Atos, Paulo teve a oportunidade de se defender diante do rei Agripa. Paulo aproveitou a oportunidade e fez uma defesa eloqüente e poderosa da Verdade e do Plano de Deus diante de seus acusadores. Você pode ler a história completa no livro de Atos (25: 13–26: 1–28). No final de sua declaração de encerramento, o rei Agripa disse a Paulo: " Por pouco me queres persuadir a que me faça cristão!".

É claro que, uma vez que a mensagem de Cristo faria com que as pessoas fizessem mudanças em suas vidas e exigia que colocassem em prática as palavras da Bíblia, não é de admirar que as pessoas resistissem. E isto não é um fenômeno novo. Antigamente, Josué, o líder dos israelitas após a morte de Moisés, enfrentou o seu povo à medida que vacilavam na indecisão. Ele pediu aos israelitas para “escolhei hoje a quem sirvais…. porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor”(Josué 24:15).

Mais tarde, o profeta Elias, em um confronto com os sacerdotes pagãos de seu tempo, dirigiu-se ao povo com estas palavras. “Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o; e, se Baal, segui-o. Porém o povo lhe não respondeu nada”(1 Reis 18:21).

Mesmo o conhecimento mais maravilhoso não tem valor a menos que seja reconhecido e atuado. E quanto a você? Como espectador e leitor da mensagem de Cristo, você está "quase persuadido"? Ou, você vai reunir coragem e convicção para se juntar a nós no cumprimento da comissão que nos foi dada pelo Messias pouco antes Dele ascender para estar com o Pai?

Talvez você tenha dúvidas. Se assim for, estamos aqui para respondê-las. Temos ministros em todo o mundo que terão prazer em contatá-lo e responder suas perguntas. Se você gostaria de conversar com um verdadeiro ministro de Jesus Cristo, acesse o formulário Fale Conosco neste site e solicite uma visita. Enquanto isso, leia o artigo da revista O Mundo De Amanha, “O que a Igreja deve fazer?”, Para ter uma visão geral da missão da Igreja nesta era atual. E não se esqueça de encomendar o livreto gratuito, João 3:16: Verdades Ocultas do Verso Dourado.