Remova o "dis" fora de disfuncional!

J. Davy Crockett III
Comentário sobre este artigo

O que aconteceu com a família “funcional”? Você sabe, aqueles com um pai, uma mãe e filhos em volta da casa, fazendo as coisas que as famílias fazem, trabalhando juntos, brincando juntos, rindo e às vezes chorando juntos?

Parece haver em menor disponibilidade hoje. Cada vez mais prevalente é a família "disfuncional". Até mesmo os mais heróicos pais solteiros, com um ou dois empregos, assim como a educação infantil necessária, podem muitas vezes sentir que a tarefa é quase maior do que podem suportar. Não é pouca coisa assumir a responsabilidade e a pressão de tentar ganhar a vida e fornecer a atmosfera e a direção estimulantes para educar as crianças saudáveis, que recebem a instrução, o amor - e, sim, a disciplina - para crescerem bem ajustados e bons responsáveis adultos.

Com muita frequência, isto não acontece tão bem. Jovens sem cuidados parentais consistentes e amorosos encontram-se à deriva, seguindo cada moda ou ícone pop atual, enquanto perdem a oportunidade que a juventude traz para se prepararem para fazer grandes coisas e realizar objetivos de vida que tragam sucesso e satisfação.

A unidade familiar está sob ataque há algumas gerações e os resultados desastrosos estão ao nosso redor. As escolas públicas são muitas vezes zonas de guerra, onde é uma luta para os professores manterem a ordem e onde assaltos a professores e alunos são muito comuns. A taxa de evasão de alunos e as pontuações dos testes acadêmicos em declínio são evidências vívidas do fracasso das famílias em incutir disciplina e desejo de aprender em seus filhos. O uso de drogas ilícitas, a gravidez na adolescência e a violência de gangues formam um refrão muito familiar nos noticiários de todos os dias.

Agora, a investida de casamentos do mesmo sexo corrói ainda mais a idéia de relações sadias de pai e mãe e estrutura familiar saudável. Pode parecer que as probabilidades estão contra as crianças em muitos casos, hoje em dia.

Felizmente, muitas crianças ainda se saem bem. Alguns superam imensos obstáculos para se tornar adultos produtivos e felizes. Mas, na maioria das vezes, quando vemos crianças bem-sucedidas, podemos rastreá-las até um ambiente familiar estável e amoroso com pais amorosos que decidiram dedicar tempo, energia e envolvimento amoroso da família para alcançar este resultado proveitoso.

A Bíblia tem muito a dizer sobre este assunto. Antigamente, Moisés foi inspirado a escrever: “E estas palavras que hoje te ordeno estarão no teu coração;  e as intimarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te, e levantando-te”(Deuteronômio 6: 6–7).

Todos os disa são momentos de ensino para um pai amoroso e astuto. Salomão escreveu sobre isto no Livro da Sabedoria, Provérbios. “A vara e a repreensão dão sabedoria, mas o rapaz entregue a si mesmo envergonha a sua mãe” (Provérbios 29:15). Isto pode soar como uma instrução antiquada e fora de moda, mas na verdade é uma sabedoria eterna.

O Novo Testamento contém muitas instruções sobre o assunto das relações familiares, incluindo a criação dos filhos. Por exemplo, descrevendo a família funcional, o apóstolo Paulo escreveu: “Vós, mulheres, estai sujeitas a vosso próprio marido, como convém no Senhor.  Vós, maridos, amai a vossa mulher e não vos irriteis contra ela.  Vós, filhos, obedecei em tudo a vossos pais, porque isto é agradável ao Senhor.  Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não percam o ânimo”(Colossenses 3: 18–21).

Estes princípios divinos realmente funcionam, quando aplicados consistentemente, e trazem a estabilidade e a felicidade que a humanidade deseja tão desesperadamente, mas que é tão ilusória.

Você pode aprender mais sobre esta maneira experimentada e comprovada de estabelecer uma família que funciona como Deus planejou, com todas as bênçãos que ela pode trazer. Nossos livretos gratuitos, mas valiosos, intitulados Plano de Deus para um casamento feliz e uma educação bem-sucedida: A maneira de Deus será de grande benefício para você alcançar sua meta.